Tell a Friend

Comprovado: eficácia de circlagem cervical dupla em mulheres com pelo menos uma gravidez anterior e perda no segundo trimestre



Li esses dias uma matéria, onde entre janeiro de 2001 e dezembro de 2006 foi realizado um estudo nos E.U. em que as pacientes tiveram um parto prematuro anterior no segundo trimestre da gestação e que preencheram os critérios clínicos para o diagnóstico da insuficiência cervical. Elas foram alocadas aleatoriamente para receber circlagem cervical McDonald “dupla” ou “singular” (neste caso, a tradicional).

O objetivo foi avaliar o efeito da circlagem cervical dupla sobre a prevenção do parto prematuro, e os resultados maternos e perinatais em mulheres com perda fetal anterior, no segundo trimestre.

Os resultados perinatais e maternos dos dois grupos foram comparados.

O grupo totalizou 51 mulheres, sendo que 17 mulheres foram atribuídas ao grupo da circlagem cervical dupla (McDonald adaptada) e 34 para o grupo tradicional (McDonald).

O grupo que recebeu a circlagem McDonald tradicional (somente um ponto) tiveram maior incidência de parto prematuro em 28 semanas que o grupo com circlagem dupla.

Os resultados demonstraram que a circlagem cervical dupla pode melhorar significativamente os resultados perinatais em mulheres com pelo menos uma perda de gravidez anterior, no segundo trimestre.

Tenho acompanhado as mulheres da Comunidade Cerclagem, e visto que àquelas que são submetidas a circlagem dupla, tem menor índice de infecções durante a gestação e fazem repouso relativo (evitam pegar peso). Já as que fazem a circlagem tradicional, se queixam de infecções recorrentes durante a gravidez, sentem o bebê se mexer próximo a pelve, em alguns casos ocorre o esgarçamento de um dos pontos ou auma pequena dilatação do colo e infelizmente tem que fazer repouso absoluto, o que é imensamente desgastante para uma gestante, pois o que deveria ser o período mais feliz para quem almeja ser mãe, se torna um fardo ficar sobre um leito dia e noite, sem condições nem mesmo de fazer o enxoval do próprio filho que está porvir.

Por isto, instruo as mulheres a perguntarem qual tipo de circlagem o seu médico irá realizar e se for possível, solicitar a realização da McDonald dupla.

Médicos especialistas no assunto só fazem a circlagem dupla. Portanto verifique se o seu médico é especialista em IIC e conhece a fundo as técnicas de cirlcagem. Estamos falando de "vida", e com vida não dá para arriscar.

Por Erivane Moreno

 
 cerclagem@cerclagem.com.br
 Comentários da autora  / Entrevistas Fale conosco




© Todos os direitos reservados a ERIVANE DE ALENCAR MORENO. Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que as fontes sejam citadas.
© Copyright 2010 

ATENÇÃO: as informações disponibilizadas neste site e fornecidas através da newsletter do site CERCLAGEM  têm propósitos orientadores, e não representam um substituto para aconselhamento e/ou tratamento médico especializado.



  Site Map